Epamig lança revista sobre tecnologias para manejo sustentável de pragas e doenças, com contribuição de autores da Entomologia

Três autores

A 305ª edição da revista Informe Agropecuário foi lançada pela Epamig no dia 30 de agosto, em Belo Horizonte (MG), com a realização de uma mesa redonda sobre tecnologias para o manejo sustentável de pragas e doenças.  Moderada pelo professor Angelo Pallini, a roda de discussões reuniu, dentre outros debatedores, a editora técnica da publicação Madelaine Venzon, o fundador da Entomologia UFV e presidente da Fapemig, Evaldo Ferreira Vilela, e os egressos Dany Silvio Souza Leite Amaral e André Lage Perez, autores de artigos que compõe a revista.

IMG-20190903-WA0015

Considerando que “os métodos convencionais, com base na aplicação de agrotóxicos, além de não serem sustentáveis, são ineficientes ao longo do tempo, e que a proteção dos cultivos agrícolas contra pragas e doenças necessita de inovações que considerem a sustentabilidade econômica, social e ambiental”, a 305ª edição da revista Informe Agropecuário apresenta tecnologias sustentáveis disponíveis para o agricultor.

De acordo com a editora técnica da publicação, “vivemos um momento em que, infelizmente, se confunde uso de novas tecnologias com uso de novos agrotóxicos, e isso é muito sério. Temos que mostrar que existem outras tecnologias que atendem requisitos sustentáveis, aplicáveis tanto na agricultura familiar quanto na agricultura de larga escala”. Madelaine Venzon acrescenta: “Os altos índices de intoxicação em decorrência de resíduos de agrotóxicos na água e nos alimentos são fortes indicadores da necessidade de outros métodos de controle para o manejo de lavouras”.

Autor de um dos capítulos do periódico técnico-científico, o presidente da Fapemig aponta que falta no Brasil políticas públicas nas escolas e atenção nas universidades para questões acerca da sustentabilidade. Evaldo Vilela enfatiza que “o foco passou da quantidade para a qualidade dos alimentos que ingerimos. Hoje ninguém mais admite comer uma comida contaminada. É aqui que entra o manejo sustentável. Logo, é da ciência que vamos dar o salto para os avanços que o Brasil precisa”.

Apresentando técnicas eficientes de manejo, produtos biológicos, extratos de origem vegetal, formulações e regulamentação do uso de biodefensivos, bem como resultados de trabalhos científicos desenvolvidos por profissionais de diversas instituições brasileiras de pesquisa e ensino, esta edição da revista Informe Agropecuário foi coordenada pelos pesquisadores Madelaine Venzon, Trazilbo José de Paula Júnior e Wânia dos Santos Neves.

img_0743

img_0714Fonte: Epamig

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>